30 de dez de 2011

Não há título possível ao nível deste video.

Happy New Year


"De repente num momento fugaz,
os fogos de artifício anunciam
que o ano novo está presente
e o ano velho ficou para trás.


De repente, num instante fugaz,
as taças se cruzam
e o champagne borbulhante anuncia que o ano velho se foi e o ano novo chegou.


De repente, os olhos se cruzam,
as mãos se entrelaçam
e os seres humanos,
num abraço caloroso,
num só pensamento,
exprimem um só desejo
e uma só aspiração:
PAZ e AMOR.


De repente , não importa a nação;
não importa a língua,
não importa a cor,
não importa a origem,
porque sendo humanos e descendentes de um só Pai,
lembramo-nos apenas de um só verbo: AMOR.


De repente, sem mágoa, sem rancor, sem ódio,
cantamos uma só canção,
um só hino:
o da LIBERDADE.


De repente, esquecemos e lembramos do futuro venturoso,
e de como é bom VIVER."

É caso para dizer: Um óptimo Ano Novo!

Reticências...


Esta será a minha última publicação de 2011. A verdade é que cada momento que vivemos nesta ano será sem dúvida eterno embora ache que à medida que nos tornamos mais velhos nos damos conta (mais rapidamente) da fugacidade das datas e do tempo em geral. Fiz as melhores escolhas? Aproveitei todas as oportunidades? Perguntas assim chegam-me agora. Paro para pensar.
Apenas tenho a dizer que aprendi. Aprendi de muitos muita coisa. Senti saudade, dificuldades, ansiedade, nervosismo, enfim, um conjunto de coisas.
Parece mentira dizer que um ano acaba. Parece que fechamos uma página do nosso livro de memórias e confesso-vos, não gosto de fechar capítulos. Prefiro deixar o livro em aberto e mais, prefiro escrever os meus próprios capítulos...
Com tudo isto - um 

«««*****FELIZ 2012*****»»»

29 de dez de 2011

"Nós abriremos o livro. Suas páginas estão em branco. Não vamos pôr palavras nele. O livro chama-se Oportunidade e o seu primeiro capítulo é o Dia de Ano Novo."
Edith Lovejoy Pierce

28 de dez de 2011

O que conta é a intenção

Por motivos técnicos, nestes últimos dias, não tive a oportunidade de vir ao blog no entanto, não me esqueci.
Sei que já vou um pouco atrasada, mas como dizem, o que conta é a intenção, assim sendo, deixo-vos aqui com um poema de natal.



"Que neste Natal,
eu possa lembrar dos que vivem em guerra,
e fazer por eles uma prece de paz.

Que eu possa lembrar dos que odeiam,
e fazer por eles uma prece de amor.

Que eu possa perdoar a todos que me magoaram,
e fazer por eles uma prece de perdão.

Que eu lembre dos desesperados,
e faça por eles uma prece de esperança.

Que eu esqueça as tristezas do ano que termina,
e faça uma prece de alegria.

Que eu possa acreditar que o mundo ainda pode ser melhor,
e faça por ele uma prece de fé.

Obrigada Senhor
Por ter alimento,
quando tantos passam o ano com fome.

Por ter saúde,
quando tantos sofrem neste momento.

Por ter um lar,
quando tantos dormem nas ruas.

Por ser feliz,
quando tantos choram na solidão.

Por ter amor,
quantos tantos vivem no ódio.

Pela minha paz,
quando tantos vivem o horror da guerra"

                                                                             Autor desconhecido



24 de dez de 2011

Realidade

Por quanta terra já andamos
Perdidos na nossa inocência.
Quantas marcas já deixámos,
Sem saber porquê, sem certeza.

E se perdêssemos tudo
Num momento de descuido,
Haverá alguém para nos tirar do escuro?
Para nos levar a porto seguro?

Enganemos a realidade então,
Coloquemo-la numa moldura
Pouco firme, pouco segura.
 
Se cair? Que se parta.
Se a roubarem? Não importa.
Se a deixarem, se desmorona.
 
Ainda assim, fica suspensa.
Uma realidade perversa,
Retorcida, pouco fiel, desonesta.

22 de dez de 2011

Que gesto tão carinhoso !!!

Fui surpreendida por um gesto tão carinhoso por parte dos alunos da turma H do 11º ano, aquando do Conselho de Turma .
Fiquei tão sensibilizada com  aquele ANJO ( e não o merecia!) ... Fez-me repensar na última aula... como fui agressiva, intolerante e injusta. Acho que não interpretei correctamente a vossa mensagem... e por isso reagi mal . Devo-vos um pedido de desculpa público. Aqui fica... 
Compreendo que tenham objetivos mais altos, mas aos direitos que defendem (e bem!) devem somar e não esquecer também os deveres : de pontualidade, de empenho e de responsabilidade. Não ficam ressentimentos e quero que tudo fique bem claro para vocês... vamos todos trabalhar para o sucesso do 11º H. Contem comigo!
UM SANTO E FELIZ NATAL PARA TODOS !

18 de dez de 2011

Oh Natal

Estou um bocadinho farto dos reclames e publicidades que passam por esta altura na televisão e em outros meios. É sempre a mesma coisa: "Este Natal vamos estar todos em família", "Neste Natal vou ser uma pessoa melhor.", "Neste Natal vamos poupar", "Esta Quadra será fantástica!". Todo um conjunto de coisas que a televisão passa para nos fazer sentir pessoas melhores, e eu pergunto, tem que ser sempre «Neste» ou «Este» Natal? Não pode ser no próximo Natal vou ser...ou melhor ainda, vou ser sempre assim independentemente seja Natal ou não? E então no Natal do ano passado? Ou do ano anterior a esse?É tudo um bocado de hipocrisia, durante o ano somos todos maus, mas no Natal (que por acaso calha ser só uma vez por ano), vamos ser todos bonzinhos e lembrar-nos dos mais pobres, dos mais desgraçados, da nossa família, gastar dinheiro que se farte porque a crise não afecta o Natal...pois...é um bocadinho. Concordo também que grande parte se deve à sociedade consumista em que vivemos ou na qual os outros vivem, porque eu acho que não me enquadro nela, mas enfim, são coisas de educação. 
Ah outra coisa do Natal é que nesta altura, as pessoas sentem-se mais ligadas espiritualmente...e por essa graça, tornam-se melhores, mais sensíveis, mais chegados aos outros...
Por favor, que não vos pareça que estou a ser fatalista ou inapropriado só que sinceramente acho que Natal é apenas uma palavra, e as palavras se não são ditas com sentido, se não são sentidas, se não são praticadas tornam-se vazias, sem significado, sem propósito.
Espero que quando as pessoas passem pela rua e digam, "Feliz Natal para si e para os seus" o digam com a esperança de que não será só um dia que fará a diferença, mas que se lembrem da capacidade dos seres humanos de serem humanos durante todo o ano.

Feliz Natal

15 de dez de 2011

Pensamento do Dia

«Alguns ouvem com as orelhas, outros com o estômago, outros ainda com o bolso e há aqueles que não ouvem absolutamente nada.»

Gibran Khalil Gibran

Stop

Pára de te lamentares! 
Há pessoas em situações piores que a tua.


14 de dez de 2011

O amor

O amor é uma formula matemática dura de resolver.



será formalidade?

Mas que se passa hoje no mundo que as pessoas pensam que tudo é uma competição? Que se passa agora para que tudo esteja tão pouco firme, para que tudo seja tão pouco relevante? As necessidades fúteis com as quais lidamos – porque queremos – são na verdade algo que nos mantém humanos? É isso que nos define?
Que se passa agora, connosco, que deixamos as verdades de parte e é tudo uma mentira disfarçada de verdade e que no fim não tem consistência, coerência? Que perguntas fazemos para merecer certas respostas? É verdade. Já me cansei. Já cheguei a um ponto de saturação, de incompreensão quase de intolerância. A que me refiro? Não a nada físico com certeza, mas algo que nos ultrapassa, que se passa connosco e com a nossa tarefa.
Devemos aprender a ser pessoas melhores, não a ser melhores que as outras pessoas por pura ambição desmesurada, por insensatez, por covardia, por inexperiência. Devemos ajudar quem merece ser ajudado, mas não levar a cabo o trabalho duro e difícil de desafiarmo-nos.

"Ser ou não ser, eis a questão"

Desde pequena que me dizem que nós (os Homens), somos seres racionais, no entanto, as acções do Homem revelam exactamente o contrário. Ora bem, analisando esta imagem aqui postada, não seremos animais irracionais? Ser ou não ser, eis a questão.
Se analisarmos as acções dos seres humanos, as relações entre si e a forma em que a sociedade se encontra, acabamos indagando, será que os animais em diversas situações, não são mais racionais que nós?
No dia a dia, temos a prova de que muitas das vezes, os valores como a cooperação, a amizade e a união, estão mais presentes na relação entre os animais, na relação dos animais com as pessoas, do que a relação entre as pessoas. Como exemplo do que referi, temos o cão. Não é por mero acaso que o cão é dominado de "melhor amigo do homem".
Há animais superiores a Homens.

"Matar animais por desporto, prazer, aventura e pelas suas peles, é um fenómeno que é ao mesmo tempo cruel e repugnante. Não há justificação para satisfação de uma brutalidade dessas." Dalai Lama




13 de dez de 2011

Cada vez tenho mais a certeza que a nossa perspectiva da vida muda com o tempo: agora podemos ser heróis e achamos não ter tempo para nada; no futuro, vamos ter tempo para tudo e nada vai fazer sentido. A vida tem destas coisas: quanto mais convivemos com ela, menos gostamos dela. Para uns, é uma eternidade efémera, para outros é uma efemeridade eterna.

12 de dez de 2011

Um beijinho de carinho e um abraço com muita força para a Ritinha!
Estamos contigo!

10 de dez de 2011

Frases inéditas do 11º H #2

Já faz mais de um mês que postei.
A verdade, é que a partir desse momento ainda estive mais atenta, junto com outros colegas, às grandes frases que a turma do 11º H disse. Durante este tempo, o português foi bastante assassinado, inclusivamente pelos professores. Contudo também existem frases que são bastante engraçadas, todas ditas pelo elenco da turma de LINGUAS HUMANIDADES. Estas são algumas das frases inéditas:

* Isabel: " Oh a Suiça é um continente à parte!"

* David: " Vamos dar o terramoto do 25 de Abril?"

* Eduarda: " Arcácer Quibil"

* Cândida: "Sabiam que as pessoas com raiva (doença) nos ultimos 2 dias são ninfomaníacas?"
Sónia: "João Pedro, posso gravar os teus ultimos dois dias?"

* Prof. de Francês: "Fechem a luz que a porta não é preciso."

* Eduarda:" Trazia uma bomba numa latinha de wikas saquetas"

* David: "Que dia é que nós temos no dia 27 de Fevereiro?"

* Natália: "Não sentiste o cheiro?"
Eduarda: "Não, não vi!"

* Silvia: " Falhou a luz na missa e o padre era Preto!"

* Jorge: " No entanto, esta credibilidade pode ser prejudiciada"

* (Eduarda irrequieta na cadeira)
Prof. Filosofia: " Oh Eduarda pareces uma salta pocinhas."

* Eduarda: " O que há no baralho Português? Ouros, Espadas, Copas e...?"
Natália: "Valetes?!"

*João Pedro: "Mãe nao há água quente"
Mãe do João Pedro: "Não há sabonete? Olha usa os que sobraram."

*Eduarda: "Fogo, doi-me este braço."
Sónia: "Estás com a menopausa?"

* David: " Em fruta há tanta manga!"

* Prof. de Geografia: " Os aquistas são pessoas que andam nos aquários!"

*( Eduarda e Natália com cachecois identicos)
Natália: " Juntas na gordura e nos cachecois até que a morte nos separe."

* Bárbara: "Ele não é homem"
Hélder: "Queres que eu desça as calças?"

* Natália: " Vais cometar o mesmo erro que nós!"

* Prof. de Filosofia: " Não façam pouco barulho."

* Natália: "Vi um filme na Fox que era mesmo assutador. Que medo!!! Até morri, Três vezes!!!"

* Eduarda: " É o inverso do contrário."

*Prof. de História: " O país de Londres..."

* João Pedro: " Angela Merikel."

* Natália: "Buscar garinos!"
Eduarda: " Cagarinos? O que é isso?

* Natália: " Em que mês é Abril?"

* Prof. de Filosofia: " Se o chisne era preto..."

* ( Cristina em chamada com a mãe)
Cristina: "Olha onde está o carregador?"
Mãe: "Na cozinha!"
Cristina: " Não está! Onde o puseste?"
Mãe: " Não sei. Olha não te esqueças de ir à vacina!"
Cristina: " Está bem, mas onde está o raio do vibrador?"
Mãe: "Vibrador??? o que vais fazer com ele?????"




Espero que se tenham rido bastante e que tenham ficado com curiosidade, pois prometo que isto não fica por aqui =D

Aparentemente...


já podemos dizer que ver o filme "Sozinho em casa" nesta altura natalícia na televisão, é (quase) tradição.

O famoso vídeo.

A simple shirt...

9 de dez de 2011

O que há em mim é sobretudo cansaço


O que há em mim é sobretudo cansaço
Não disto nem daquilo,
Nem sequer de tudo ou de nada:
Cansaço assim mesmo, ele mesmo,
Cansaço.

A subtileza das sensações inúteis,
As paixões violentas por coisa nenhuma,
Os amores intensos por o suposto alguém.
Essas coisas todas -
Essas e o que faz falta nelas eternamente -;
Tudo isso faz um cansaço,
Este cansaço,
Cansaço.

Há sem dúvida quem ame o infinito,
Há sem dúvida quem deseje o impossível,
Há sem dúvida quem não queira nada -
Três tipos de idealistas, e eu nenhum deles:
Porque eu amo infinitamente o finito,
Porque eu desejo impossivelmente o possível,
Porque eu quero tudo, ou um pouco mais, se puder ser,
Ou até se não puder ser...

E o resultado?
Para eles a vida vivida ou sonhada,
Para eles o sonho sonhado ou vivido,
Para eles a média entre tudo e nada, isto é, isto...
Para mim só um grande, um profundo,
E, ah com que felicidade infecundo, cansaço,
Um supremíssimo cansaço.
Íssimo, íssimo. íssimo,
Cansaço...

                      Álvaro de Campos

Ups


8 de dez de 2011

Não te esqueças, porque eu também não.

O Natal está aí à porta! As ruas já estão enfeitadas, as montras das lojas já estão com adornos natalícios, nos anúncios publicitários já predominam os brinquedos e as sugestões de Natal e não posso deixar de mostrar o meu agrado perante esta altura do ano.
Se por um lado esta altura do ano me deixa bastante contente, por outro tem sempre um lado de tristeza.
Nunca é demais relembrar que há pessoas que não têm um Natal tão feliz quanto o nosso, que nem o festejam devido à falta de condições ou à tristeza da vida (refiro-me tanto a famílias desfavorecidas, como a pessoas que não se encontram nas melhores condições físicas e/ou psicológicas).
 Não se esqueçam dessas mesmas pessoas, pois nunca é demais ajudar.
Não pedem muito, por vezes um sorriso chega.
 Façam a vossa parte, porque eu faço a minha durante todo o ano.

P.s: Lembra-te que a pobreza não é só no dia de Natal, ajuda sempre que puderes.

"O sorriso que ofereces, a ti voltará outra vez." 
Abílio Guerra Junqueiro 

7 de dez de 2011

Meaning of fanny

A moda de agora é ver o Secret Story- casa dos segredos 2. Sei que muitos assistem e que cada um tem o seu concorrente preferido, mas vou deixar aqui uma curiosidade sobre o nome de uma concorrente bem conhecida da casa.
Para todos os que não saibam, a palavra Fanny em Inglês significa "external female sex organs; ". Para quem não acredita aqui fica um link para poderem confirmar com os vossos próprios olhos. Bom feriado a todos
http://pt.bab.la/dicionario/ingles-portugues/fanny

6 de dez de 2011


Finalmente descanso....


É caso para dizer ALELUIA! Finalmente acabaram os testes deste período, finalmente podemos relaxar, pousar os livros num canto até ao próximo ano (literalmente). E claro, aproveitem para dormir longas horas... :)

5 de dez de 2011

Sistema

Sistema simples esse o nosso coração. Não acham? Simples ao ponto de ter coragem para fazer coisas, simples ao ponto de mostrar o nosso verdadeiro eu. Sistema simples, de verdade.

18 000

Pessoal, acabámos de chegar às 18 mil visitas. O blog está, sem dúvida, a ser um sucesso. Parabéns a nós! :D

Stand Up! (Stop homophobic bullying)

Mentalidades são díficeis de mudar, mas é preciso fazer um "actualizar" nas nossas.

4 de dez de 2011

Normalmente passo muito do meu tempo a pensar, a imaginar universos paralelos, a criar metáforas entre as coisas mais banais e as mais importantes da vida. Estava a comer a minha tangera, e percebi que a nossa posição perante ela é em tudo muito semelhante à nossa postura perante a vida: perdemos muito tempo a procurar as grainhas e nem nos apercebemos que no entretanto o sumo já escorre pelas nossas mãos, e o mais que podemos fazer é aproveitar o pouco que resta num gomo já deformado. 

2 de dez de 2011

Finalmente é sexta-feira!
Depois de uma semana intensa, nada como um boooom momento de descanso.
Hoje o meu serão será passado no sofá, embrulhada num cobertor de lã, vendo um bom filme em frente à lareira, acompanhada de algo comestível. 

Imagem do dia #20


Se alguém me sugere uns dias de descanso numa aldeia (e por aldeia entenda-se "áreas rurais"), eu vou dar-lhe de prenda o livro de Geografia de 11º ano. Não, espera, tive uma ideia melhor: vou dar-lhe COM o livro de
Geografia!

Partilha o natal #1

Tal como a Mariana sugeriu na ideia de o ano passado cada um poder partilhar o seu natal, mostrando a sua árvore e presépio, achei uma boa ideia continuar-mos com a iniciativa.
Por isso 11ºH vamos lá postar o nosso natal :)