18 de dez de 2011

Oh Natal

Estou um bocadinho farto dos reclames e publicidades que passam por esta altura na televisão e em outros meios. É sempre a mesma coisa: "Este Natal vamos estar todos em família", "Neste Natal vou ser uma pessoa melhor.", "Neste Natal vamos poupar", "Esta Quadra será fantástica!". Todo um conjunto de coisas que a televisão passa para nos fazer sentir pessoas melhores, e eu pergunto, tem que ser sempre «Neste» ou «Este» Natal? Não pode ser no próximo Natal vou ser...ou melhor ainda, vou ser sempre assim independentemente seja Natal ou não? E então no Natal do ano passado? Ou do ano anterior a esse?É tudo um bocado de hipocrisia, durante o ano somos todos maus, mas no Natal (que por acaso calha ser só uma vez por ano), vamos ser todos bonzinhos e lembrar-nos dos mais pobres, dos mais desgraçados, da nossa família, gastar dinheiro que se farte porque a crise não afecta o Natal...pois...é um bocadinho. Concordo também que grande parte se deve à sociedade consumista em que vivemos ou na qual os outros vivem, porque eu acho que não me enquadro nela, mas enfim, são coisas de educação. 
Ah outra coisa do Natal é que nesta altura, as pessoas sentem-se mais ligadas espiritualmente...e por essa graça, tornam-se melhores, mais sensíveis, mais chegados aos outros...
Por favor, que não vos pareça que estou a ser fatalista ou inapropriado só que sinceramente acho que Natal é apenas uma palavra, e as palavras se não são ditas com sentido, se não são sentidas, se não são praticadas tornam-se vazias, sem significado, sem propósito.
Espero que quando as pessoas passem pela rua e digam, "Feliz Natal para si e para os seus" o digam com a esperança de que não será só um dia que fará a diferença, mas que se lembrem da capacidade dos seres humanos de serem humanos durante todo o ano.

Feliz Natal

3 comentários:

Prof. Graça Magalhães disse...

Natal deveria ser TODOS os dias... no coração de cada ser humano!!! Concordo contigo: para muitos é apenas uma palavra sinónima de materialismo, comércio e esquece-se o verdadeiro espírito de Natal!
Um santo, verdadeiro e muito feliz Natal para ti e para os teus familiares

Prof. Graça Magalhães disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
DavidPampillo disse...

obrigado professora. igualmente.