1 de set de 2011

os palhaços

Ai e tal, em tempo de campanha são todos amigos do povo e dão beijinhos a quem apareça à frente, mas chega À hora da verdade e são todos os mesmos canalhas! 
E nem me venham dizer que tem de ser, porque o que tem de ser tem muita força, e se o povo quisesse e se deixasse desta palhaçada de aceitar tudo o que estes palhaços de fato (ver crónica de Mário Crespo sobre o anterior palhaço), tinha mais força do que estas imposições arbitrárias.
Mas não, somos um povo civizilizado. E BURRO, acrescento eu!

Um comentário:

DavidPampillo disse...

o palhaço que com a sua "graça", tirou o sorriso dos portugueses.