22 de set de 2011


O erro não está em recuar num caminho perigoso; mas sim quando paramos e não seguimos outro caminho.

Um comentário:

Anônimo disse...

é isso mesmo ;)