8 de jan de 2011

Pois

Pois não digo o que sinto.
Pois calo-me e depois minto.
Pois apareço e começo
Um conto de adereços.
Pois espero sempre,
Alegremente,
Que toda a gente
Viva contente.
David Pampillo

5 comentários:

Marta Senra disse...

O "pois", esta palavra tão comumente usada e tão pouco clarificada, esclarecida. Mas, "Que toda a gente viva contente". Muitos parabés e FORÇA!

Marta Senra disse...

*parabéns.

DavidPampillo disse...

Obrigado Marta!

Hélia AC disse...

Amei!

Marta Senra disse...

Também eu amiga!