14 de nov de 2010

Em Contexto: Virginia Wolf

Virginia Woolf - 1882-1941
Uma das mais importantes escritoras britânicas do século XIX, cujas obras inspiraram para muitos filmes, como "As Horas". Virgina Woolf nasceu em Londres à 25 de Janeiro de 1882, vindo a suicidar-se à 28 de Março de 1941 na pequena cidade de Lewes.
Estreou na literatura em 1915 com o romance "A Viagem", realizando posteriormente muitas obras que lhe concederam maior prestigio. A sua escrita era considerada modernista e avante do seu tempo.
Em 1912 casou com Leonard Woolf, com quem veio a fundar uma editora que lançou nomes com Katherine Mansfield e T.S. Elliot.
Virginia apresentava crises depressivas e em 1941 deixou um bilhete para o seu marido e para a sua irmã, Vanessa. No bilhete despede-se das pessoas que mais amara e explica o seu suicídio.

No dia 28 de Março de 1941, após ter um colapso nervoso Virginia suicida-se. Veste um casaco, encheu os bolsos com pedras e entrou no Rio Ouse, afogando-se. O seu corpo só foi encontrado no dia 18 de Abril.

No seu último bilhete para o marido, Virginia escreveu:

"Querido,
Tenho certeza de estar a ficar louca novamente. Sinto que não conseguiremos passar por novos tempos difíceis. E não quero revivê-los. Começo a escutar vozes e não consigo concentrar-me. Portanto, estou a fazer o que me parece ser melhor. Tu deste-me muitas possibilidades de ser feliz. Estiveste sempre presente como nenhum outro. Não creio que duas pessoas possam ser felizes a conviver com esta doença terrível. Não posso lutar mais. Sei que te estou a tirar um peso das costas, pois, sem mim, poderás trabalhar. E vais fazê-lo, eu sei. Estás a ver?, não consigo sequer escrever. Nem ler. Enfim, o que quero dizer é que é a ti que eu devo toda a minha felicidade. Foste bom para mim, como ninguém poderia ter sido. Eu queria dizer isto - todos sabem. Se alguém pudesse salvar-me, esse alguém serias tu. Tudo acabou para mim mas o que ficará é a certeza da tua bondade, sem igual. Não posso atrapalhar a tua vida. Não mais. Não acredito que duas pessoas poderiam ter sido tão felizes quanto nós fomos.

V."

Obras mais importantes:

Mrs. Dalloway de 1925

Orlando - Uma Biografia de 1928

Flush de 1933

Roger Fry de 1940

Em 2002, o realizador Stephen Daldry comandou a longa-metragem As Horas, do livro de Michael Cunningham.

Cujas principais protagonistas são Nicole Kidman, Meryl Streep e Julianne Moore. Sendo a primeira galardoada com um Oscar da Academia pela sua interpretação de Virgina Woolf. Um filme que recomendo.

Aqui fica um pouco da biografia de uma das maiores escritoras da Inglaterra e uma das maiores do mundo.

Um comentário:

marianapereira disse...

professora, não foi ela também que escreveu "Ulisses" ?