3 de set de 2012

*o silêncio é de ouro*

Um estudo recente, delineou um conjunto de tipos de silêncio com os quais as pessoas mais se identificam. Aqui estão eles....

. Punitivo - Surge como punição do outro, ignorando-o totalmente.
. Culpado - É um mecanismo de defesa, quando se tem a consciência pesada.
. Ofendido - Como retaliação a uma grosseria.
. Tédio - Surge quando já não há afinidade, o projecto em comum deixou de fazer sentido.
. Intimidado - Acontece quando se receia ser julgado.
. Implicativo - Visa somente picar o outro.
. SOS - É um pedido de ajuda e de atenção.
. Magoado - Nasce de situações desagradáveis e pode transformar-se em rancor e raiva.
. Defensivo - Próprio dos tímidos e dos mais frágeis.
. Desesperado - É o último recurso para quem sente que já esgotou todas as palavras.
. Indiferente - O pior de todos. Acontece quando já tudo morreu.
. Desprezo - É uma amargura que não se verbaliza, mas agride.
. Chegámos ao fim - Quando não se tem coragem para pôr fim a uma relação, o silêncio significa: “Se não te atendo, se não te procuro, é porque tudo acabou”.
. Birra - Algo imaturo mas pouco danoso, porque passageiro.
. Controlador - Falso mistério que apenas visa prender o outro à curiosidade de um mutismo inexplicável.
. Sádico - Praticado por pessoas que sentem prazer em torturar as outras pelo gosto de um jogo perverso.

(Adaptado)