6 de mai de 2012



Já me disseste tantas vezes que vai ser de ti sem mim quando começar a trabalhar, quando sair de casa e parece que às vezes te esqueces que todos os dias me pergunto o que seria de mim sem ti. 
Onde viria buscar forças, onde iria aprender a ser alguém melhor. Todos os singulares dias da minha vida passaria pensando em ti, de como és querida e amiga. 
Só de ver-te perdida me entristece, não posso sequer explicar. Mas como és forte para além disto; uma coragem e como com um sorriso capaz de fazer tudo florir. És uma natureza distinta, tão bonita e primaveril.
Debaixo da tua asa sinto-me mais protegido: como num ninho encolhido onde posso ser feliz. 
Olho para este mundo que faz UM dia em teu nome, por favor, não é só UM dia, são todos do calendário.
Já me cansei de ver-te triste ou mais em baixo. Já me cansei de facto de ver-te um dia a chorar. Mas prometo-te, com o coração nas mãos, nunca me hei-de cansar de fazer-me a mim próprio lembrar como te adoro MÃE!!

Feliz Dia da Mãe

Nenhum comentário: