2 de abr de 2012

Não podes mudar quem sou, tampouco podes arranjar as fissuras do meu corpo criadas pelos terramotos da vida, mas podes estar lá, sem falar, sem mexer pois basta a tua presença para secar as lágrimas entranhadas no profundo do meu ser.
CF

4 comentários:

Mariana disse...

mas muitas vezes as pessoas não estão dispostas a desempenhar esse papel

Cristina Fitas disse...

Isso é verdade

Mariana disse...

mas enfim, há sempre alguém que cuida de nós*

DavidPampillo disse...

não sabia desta tua veia literária Cristina. muito bem :) *****