15 de fev de 2012

"Ser solidário em tempo de crise"

Em época de crise económica e social é URGENTE intervir. Dar dinheiro a instituições, oferecer o pequeno-almoço ao sem-abrigo que costuma passar em frente ao café de manhã, ou até doar roupas que já não servem às pessoas mais carenciadas da freguesia, são formas de ajudar quem mais precisa. Ser solidário e ajudar aqueles que mais precisam não é assim tão complicado!

A ADDHU (Associação de Defesa dos Direitos Humanos) criou alguns programas e campanhas, de forma a cada um "Ser solidário em tempo de crise". Neste sentido, apresenta sugestões e ideias para cada um de nós dar o seu contributo:


1. O apadrinhamento de uma criança pode ser feito em grupo. Junte os seus amigos e familiares e ajude uma criança queniana a ter um futuro de esperança! Se nos unirmos, não custa nada e fazemos a diferença!


2. As Dádivas de Esperança são uma forma única e muito original de fazer a diferença na vida de uma criança, uma família e até de uma comunidade. Por apenas 15 Euros, pode, por exemplo, oferecer uma rede mosquiteira a uma família no Quénia, onde a Malária continua a ser uma das principais causas de mortalidade infantil.

E se neste Natal ou no próximo aniversário de um familiar ou amigo, em vez de comprar um presente, oferecer uma Dádiva em nome dessa pessoa especial? Para que ela saiba que, graças a si, também faz parte dos nossos esforços para construir um mundo melhor e mais justo. Uma Dádiva de Esperança pode ser oferecida em nome de outra pessoa: é o presente solidário por excelência! E, para além disso, é muito original e de certeza que vai fazer sucesso em qualquer festa ou ocasião especial.

Por cada Dádiva de Esperança, a ADDHU envia um certificado de reconhecimento com o nome do/a beneficiário/a e o local da entrega. Se oferecer uma Dádiva em nome de outra pessoa, o certificado inclui um espaço para escrever os nomes e uma mensagem pessoal.


3. Os apoiantes da ADDHU contribuem de forma contínua para o trabalho e os projectos da ADDHU através de pequenos donativos regulares. Qualquer que seja o valor, acredite que estará a fazer toda a diferença na vida daqueles que pouco ou nada têm.


Para mais informações, visite o site da ADDHU:

http://www.addhu.org/index.php?option=com_content&view=frontpage&Itemid=1&lang=pt




VIK55


"Be the change you want to see in the world" (Gandhi)



(Caso haja alguma dúvida ou sugestão, agradecemos que envie um email para: mpessoa.contextos@gmail.com)

Nenhum comentário: