15 de nov de 2011

e escrever título também é cliché.

Gosto de perguntas que exigem uma resposta completa, de preferência com justificação. Ninguém gosta daquelas perguntas fúteis, só para sabermos da vida que não é a nossa e não nos pertence. A interrogação é uma instituição, e todo o misticismo que a envolve deve ser respeitado. Tudo isto para dizer que odeio clichés, quer nas perguntas, quer nas respostas. Demasiado óbvios, demasiado usados, totalmente desnecessários.

Um comentário:

DavidPampillo disse...

faço questão de dizer,sem vergonha alguma: incrível! ;)