26 de jan de 2011

Mundo.

Por muito que tentemos caracterizar de perfeito o nosso mundo, não o conseguimos. Porque aliás nem nós somos perfeitos, qual o porquê de tornar o mundo perfeito? Era uma meta estritamente impossível, mas capaz de se tentar. Tudo depende de nós, das nossas acções, dos nossos contributos para a humanidade, sem nós nada era possível. Porque é que pensamos o contrário quando nos dizem que cada um faz a diferença? Sinceramente não percebo o porquê. Existem guerras e fomes, e a culpa é de quem? Nossa! Millhões de pessoas que morrem injustamente em confrontos armados; em campos de refugiados; á fome e vunerável a doenças; e quem tem a culpa? A maioria desconhece, ou por vergonha ou por ignorância.
Não era bem mais fácil contribuirmos todos para o sucesso de um mundo melhor? Um mundo no qual toda a gente era um contributo presente, onde fomes e guerras apenas constavam nos dicionários.
Basta querer e acreditar que um dia tudo será diferente..

5 comentários:

IsabelJuncalP disse...

infelizmente as pessoas vivem debaixo do seu "cobertor" e, como estão razoávelmente bem, nem querem saber do que as rodeia, do que não lhes toca directamente.
como o ser humano é egoísta! (contra mim falo)
às vezes até nem precisamos de fazer um grande esforço para que haja um pouco mais de paz no mundo, basta um toque de solidariedade, um sorriso de um estranho para nos tranquilizar.

obrigada por nos lembrares, sílvia =)

DavidPampillo disse...

Pois é Sílvia, tentemos de alguma forma mudar o mundo em que vivemos, para melhor, sempre.

muito bem

silviafreitas. disse...

Obrigada pelos comentários.
E sim temos de mudar o nosso mundo, de preferencia para melhor é claro.

Mariana Pereira disse...

fiquei arrepiada sílvia :o
uma palavra ? fantástico !

silviafreitas. disse...

Obrigada mariana :')